"Para que todos vejam e saibam, considerem e juntamente entendam, que a mão do SENHOR fez isso, e o Santo de Israel o criou".

Isaías 41.20

domingo, 11 de setembro de 2011

O reino do céu é semelhante a uma rede que,
 jogada ao mar, recolhe peixes de toda a espécie.
                                                                                                         (Mt 13,47)


Redes de pesca são destinadas a coletar qualquer coisa que esteja em seu caminho quando jogadas na água. É natural, portanto, que quando uma rede é puxada para o barco contenha toda sorte de coisas: peixes comestíveis, peixes não comestíveis, restos marinhos, assim como todo tipo de pedaços de coisas quebradas. A rede não discrimina entre o bom e o mau, ou o útil e o inútil. Depende do pescador decidir o que guardar e o que descartar.
As Escrituras estão cheias de histórias de Jesus pescando pessoas, não só boas, como as más: alimentando cinco mil, a mulher flagrada em adultério, o coletor de taxas corrupto, Zaqueu, o fariseu honesto, Nicodemos, e tantos outros. Não importa onde quer que fosse, Jesus jogava sua rede tentando juntar pessoas para seu reino.
Quando Jesus começou seu ministério terreno chamou seus seguidores para serem "pescadores de homens", e os enviou para jogar suas próprias redes em todos os que encontravam. Hoje, Deus nos chama exatamente para a mesma tarefa. Tão indiscriminadamente quanto os primeiros Cristãos fizeram - e tão indiscriminadamente como o próprio Jesus fez - Deus deseja que partilhemos a boa nova com todos os que encontrarmos. Imagine como o mundo poderia ser modificado se cada um de nós, ao ler essa meditação pudesse atingir apenas duas pessoas hoje com o evangelho. A pesca seria imensa!
Você pode fazer a diferença. Você pode falar com as pessoas sobre o amor de Deus. Pode até ajudar algumas pessoas a se tornarem pescadoras de homens, espalhando a rede do cristianismo ainda mais longe.  Existem oportunidades em todos os lugares: um membro da família buscando por sentido em sua vida, um vizinho que precisa de um ouvido simpático, um paroquiano buscando por um amigo. Não tenha medo de espalhar a mensagem do evangelho com eles. Tudo o que voce tem a fazer é contar a sua história; o Espírito Santo lhe dará as palavras adequadas. E não se preocupe se as pessoas com as quais se encontrar sejam "peixes bons" ou "peixes maus". Jesus só pede que você os capture e os leve a Ele. Ele se encarregará do resto.

"Espírito Santo, enchei-me com a coragem e o excitamento para partilhar o evangelho. Tornai-me um pescador de todos os homens e muheres com os quais eu hoje me encontrar."

(Texto extraído da Palavra entre Nós, Edição 117, pág. 68, 2011)
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares

Sejam todos benvindos ao mundo encantado da Turminha do Rancho das Pererecas

A Turminha do Rancho das Pererecas é tudo de bom!
Essa Turminha é muito inteligente, e nunca param de sonhar...
Sonham com um mundo melhor e mais justo, onde os humanos e os animais, viverão em perfeita harmonia e PAZ!
Sonham com o dia em que o homem não se verá, como um ser superior, mas sim, como parte integrante deste universo chamado Reino Animal...
Essa Turminha, luta por tudo que acreditam, e estão sempre prontos para ajudar a alguém...
São capazes de tirar de si mesmo para dividir com o próximo...
Adoram a Deus, acreditam na vida e amam todos os companheiros deste mundo encantado chamado animal...
Eles acreditam nas criaturas e no Criador...
Vivem buscando novas idéias, novas soluções, novas direções, para que a vida venha ser vivida realmente como um grande Milagre de Deus, pois afinal, no mundo encantado da Turminha do Rancho das Pererecas, tudo é possível àquele que crê!