"Para que todos vejam e saibam, considerem e juntamente entendam, que a mão do SENHOR fez isso, e o Santo de Israel o criou".

Isaías 41.20

terça-feira, 5 de julho de 2011

Fortalecer a Fé


Viver em Paz, com "P" maiúsculo, é uma missão difícil nos dias de hoje. Se, por um lado, temos muito mais facilidades, com avanços tecnológicos e grandes conquistas noticiados a todo momento, por outro, somos domindados mental e fisicamente pelo desespero de atender a um número cada vez maior de soliciações. A sensação é a de que não nos sobra tempo para mais nada, no entanto, continuamos lidando com as tribulações do dia a dia, como a dor de ter um ente querido envolvido com drogas, o lar destroçado pelas brigas intermináveis, o casamento envenenado pela discórdia, e assim por diante.
Muitos entregam os pontos e perdem o gosto pela vida. Outros priorizam apenas a razão na tentativa de controlar o incontrolável e acabam abrindo mão dos sonhos. Há ainda aqueles que vivem pronunciando o nome de Deus em vão, sem acreditar nas próprias palavras e desperdiçando-as como se fossem poeira ao vento.
Há um ditado popular que diz: "Deus dá o frio conforme o cobertor". Como sacerdote, não me cabe discordar ou referendar essa máxima tão difundida, mas, com certeza, posso garantir que é nas maiores tormentar que devemos parar e ouvir a voz de Deus: "Não temas, estou contigo" (Jr 1,8).
Ora, "ouvir a voz de Deus" significa ter fé. Mas não qualquer tipo de fé. Para alcançar a paz interior e ser verdadeiramente feliz, não basta meramente acreditar na existência de Deus, achando que tudo se resolverá. É preciso que nossa vida espiritual esteja realmente preenchida por Sua misericordiosa presença.
Instintivamente, todo ser humano busca a fé. Alguns com medo, outros com entrega total. Isso porque a fé é um dom gratuito de Deus, oferecido a todos os homens. Por outro lado, ela é como uma semente e precisa ser cultivada. Quando nascemos, Deus planta essa "matriz" em nossa essência como um potencial que ainda não é ato. Já no batiscmo, a fé como virtude sobrenatural nos é infundida. Cabe a nós dar condições para o seu florescimento, o que requer algumas atitudes importantes. Ou seja, a fé é um dom de Deus que não caminha separadamente da vontade humana, pois da mesma forma que acreditamos porque Deus assim o permite, igualmente ninguém acredita se não quiser.
Podemos tomar como exemplo a aptidão de tocar violão. Mesmo que a pessoa já nasça com esse dom, ela precisa estudar musica, conhecer as notas, os ritmos, praticar. Assim também, se um ginasta parar de treinar, perderá o condicionamento físico. Com a fé, vale o mesmo princípio: se não a exercitamos, dando-lhe "combustível" para que se fortaleça, nossa vida espiritual ficará enfraquecida e nos afastaremos de Deus.
A boa notícia é que sua fé, recebida no batismo, pode até estar adormecida, mas nunca morre. Se você recebeu os sacramentos da iniciação cristã, mas não deu continuidade a sua caminhada, ou ainda não teve uma catequese de base, pode fortalecer sua fé a qualquer momento por meio de uma adesão pessoal a Deus e à Sua verdade revelada, tendo plena confiança n'Aaquele a quem Ele enviou, Jesus Cristo.
Entre os "combustíveis" que fortalecem a fé, podemos destacar: a Palavra de Deus, a Oração, a Caridade, a Esperança, os Sacramentos da Igreja, os Milagres, a Obediência.
(texto extraído da livro 20 Passos para a Paz Interior, Padre Reginaldo Manzotti, 1º Passo, pág. 15, 16 e 17)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares

Sejam todos benvindos ao mundo encantado da Turminha do Rancho das Pererecas

A Turminha do Rancho das Pererecas é tudo de bom!
Essa Turminha é muito inteligente, e nunca param de sonhar...
Sonham com um mundo melhor e mais justo, onde os humanos e os animais, viverão em perfeita harmonia e PAZ!
Sonham com o dia em que o homem não se verá, como um ser superior, mas sim, como parte integrante deste universo chamado Reino Animal...
Essa Turminha, luta por tudo que acreditam, e estão sempre prontos para ajudar a alguém...
São capazes de tirar de si mesmo para dividir com o próximo...
Adoram a Deus, acreditam na vida e amam todos os companheiros deste mundo encantado chamado animal...
Eles acreditam nas criaturas e no Criador...
Vivem buscando novas idéias, novas soluções, novas direções, para que a vida venha ser vivida realmente como um grande Milagre de Deus, pois afinal, no mundo encantado da Turminha do Rancho das Pererecas, tudo é possível àquele que crê!